Início / Casa / Como poupar em material escolar

Como poupar em material escolar

  • Casa
Partilhe esta dica
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Setembro constitui-se sempre como um mês de gastos adicionais para os encarregados de educação. Contudo, esta despesa não tem de desequilibrar o seu orçamento familiar. Para o planeamento deste novo ano letivo, basta apenas alguma criatividade e que não se deixe levar pelo stress. Partilhamos algumas dicas que lhe permitirão suprir todas as necessidades dos alunos que tem a seu cargo, mantendo o orçamento controlado e privilegiando a ecologia social. Aproveite igualmente este período para incutir algumas aptidões de literacia financeira aos mais jovens.

Defina um orçamento

Antes de se aventurar no supermercado mais próximo, comece por definir um orçamento para todas as despesas que irá ter nesta fase inicial de regresso às aulas, assim como ao longo de todo o período letivo. Mesmo que surjam alguns contratempos, tente cumprir ao máximo o limite que estabeleceu.  


Usufrua dos vouchers para aquisição de manuais escolares gratuitos

De modo a combater as desigualdades no acesso à educação, o Estado Português implementou uma medida que garante a oferta de manuais escolares para todos os estudantes da escolaridade obrigatória (escola pública ou privada, desde que com contrato de associação), representando isto uma poupança significativa no orçamento dos encarregados de educação.  

Segundo o portal ePortugal, é necessário que os mesmos se registem na plataforma MEGA  ou na app Edu Rede Escolar (disponível para Android e iOS), para que possam ter acesso aos vouchers que lhes irão permitir beneficiar dos livros escolares gratuitos. Através destes meios terão também acesso aos dados escolares dos estudantes, assim como à lista de livrarias aderentes onde poderá fazer o levantamento dos manuais. É recomendado que os encarregados de educação consultem a plataforma regularmente, de modo a poderem verificar a disponibilidade dos vouchers, podendo também optar por receberem uma notificação por email.


Elabore uma lista do material indispensável

É igualmente importante que após fazer uma revista ao material escolar sobrante do ano anterior e que poderá ainda ser útil para este novo ano letivo, elabore uma lista de tudo o que irá precisar de comprar.


Compare preços online

Com uma pesquisa online prévia, poderá mais facilmente comparar preços e perceber quais os sites que lhe trarão mais vantagens. Assim, esteja atento às campanhas promocionais anunciadas nas plataformas online das lojas que tem referenciadas.


Peça fatura com NIF

Apesar de esta dica de poupança não se refletir no imediato, deverá sempre pedir fatura com contribuinte de todas as despesas que tenha relacionadas com educação (isentas de IVA ou sujeitas a IVA de 6%), nomeadamente mensalidades de estabelecimentos de ensino, livros, serviços de explicações, e materiais escolares ou alimentação vendidos em estabelecimentos de ensino. Contudo, tenha em atenção quais os materiais que não se enquadram neste âmbito e que, por isso, não são dedutíveis em IRS, como é o caso de cadernos, lápis, canetas, computadores, tablets, entre outros.


   Mais dicas em: casa